Debaixo de "chuva" de ovos, Câmara de Valença aprova emendas do projeto de regime previdenciário - Mestiço News | Notícia de Verdade

DESTAQUES

Seja bem vindo! Hoje é

06/04/2017

Debaixo de "chuva" de ovos, Câmara de Valença aprova emendas do projeto de regime previdenciário

Destroços de ovos lançados nos integrante da mesa diretora
Foto:
Ersimar Leite

Por um placar de 8X2,a Câmara Municipal de Valença do Piauí aprovou na tarde desta quinta-feira(06) em sessão extraordinária convocada pela prefeita de Valença Ceiça Dias(PTC),emendas dos vereadores ao fundo de previdência municipal.
A sessão foi aberta pelo presidente da casa, vereador Nonato Soares (PSDB) e,em seguida, foi feita a leitura do projeto pela vereadora Fátima Caetano.
A sessão teve manifestação fora e dentro do plenário da Câmara Municipal onde funcionários públicos municipais cantavam o hino de Valença, do Brasil e músicas com tom de revolta e protestos. Além de funcionários públicos municipais, várias categorias de sindicatos, empresários, advogados, estudantes e populares da cidade e do interior superlotaram todas as dependências da Câmara Municipal de Valença e como protestos gritavam: “mercenários, traidores, comprados e alienados”.

População se manifestando no plenário da Câmara
Foto: Ersimar Leite

População se manifestando em frente à Câmara
Foto: Ersimar Leite

Os vereadores apresentaram várias propostas como emendas para reformulação do projeto que foi enviado pelo poder executivo e, em votação foram aprovadas.
Os vereadores Leilivan Martins e Rayonardo Mendes apresentaram emendas modificativas ao texto original para adequar as proporcionalidades do projeto inicial que em votação foi votado e aprovado pela maioria dos vereadores.
A sessão foi interrompida por diversas vezes pelos vereadores Iris Moreira (PP) e Rubens Alencar (PMDB), insatisfeitos com a conduta da mesa diretora, onde os mesmos argumentaram o autoritarismo do presidente da casa em não obedecer ao regimento interno. iris Moreira disse que os vereadores que votaram a favor daquele projeto sentirão o peso na hora de pedir o voto em 2020, pois estavam ajudando a quebrar o município de Valença do Piauí, já Rubens Alencar afirmou que a ação dos vereadores foi um desafeto ao voto de confiança que a população depositou nos novos vereadores que hoje ali estão, mas que mostraram que estão mais a favor deles que a favor do povo.
Os demais vereadores não se pronunciaram em momento algum, segundo o registro do Portal Diário do Sambito.
A sessão que iria votar o projeto chegou a ser cancelada na última sexta-feira (31), após pedido do Ministério Público (MP-PI) de Valença e liminar expedida pelo juiz da comarca da cidade.
A prefeita de Valença do Piauí Ceiça Dias, não compareceu à sessão.
Quando posto em votação e, em seguida aprovado, o projeto de Lei/2017 oriundo do poder executivo,encaminhado pela prefeita Ceiça Dias,começou uma fúria de revolta da população contra os oito(08) vereadores que votaram a favor e,tentaram invadir o plenário,em seguida começou uma verdadeira sessão de quebra de lançamento de ovos nos vereadores da situação. Os vereadores Fátima Caetano e o presidente da Câmara Vereador Nonato Soares foram os mais atingidos.

Vereadores Nonato Soares (ao centro) e Fátima Caeteno (á direita)
"banhados" por ovos
Foto: Ersimar Leite

A polícia Militar que foi convocada pelo presidente Nonato Soares quase não conseguiu conter a fúria da população.
Votaram a favor das emendas ao Regime de Previdência Próprio para o município de Valença os seguintes Vereadores:
Fátima Caetano, Benoni Sousa, Leilivan Martins, Rayonardo Mendes, Ariana Rosa, Stênio Romel, Lucivaldo Monteiro e Renato Batista.
Votaram contra das emendas ao Regime de Previdência Próprio para o município de Valença os seguintes Vereadores:
Iris Moreira e Rubens Alencar.
Encerrada a sessão, os manifestantes, na maioria funcionários públicos em passeata seguiram em carros de som para a frente da casa da prefeita Ceiça Dias.

Fonte: Diário do Sambito

Nenhum comentário:

Postar um comentário