IBGE mostra queda na produção de principal produto do extrativismo no Piauí - Mestiço News | Notícia de Verdade

DESTAQUES

PROPAGANDA

29/09/2017

IBGE mostra queda na produção de principal produto do extrativismo no Piauí

Carnaubal
Foto:
Internet

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nessa quinta-feira (28) os resultados da Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura (PEVS). Os dados são referentes ao ano passado e quantidade produzida e valor arrecadado na produção de cada produto. Principal item da pauta do extrativismo no Piauí, o pó da carnaúba, passou por queda na quantidade produzida, mesmo com o aumento da receita.

O pó tem a produção concentrada nos estados do Piauí, Ceará, Maranhão e Rio Grande do Norte. "A produção tem caído muito na série história entre 2007 e 2016. A produção de 13 milhões de toneladas para 9 milhões. Houve uma queda na produção", afirmou o Supervisor de Documentação e Disseminação de Informações, Eyder Silva. Em 10 anos houve uma queda de 12,58% na produção total da região nordeste. De acordo com o levantamento o Piauí apresentou uma queda na produção da ordem de 25,27%.

Eyder Silva destacou que houve um aumento expressivo da receita total obtida pela venda do pó cerífero da carnaúba. "Houve uma elevação da receita arrecadada apesar da queda da produção. A tonelada da carnaúba aumentou quase 200% em 10 anos, muito acima da inflação", ressaltou o supervisor do IBGE. No ano passado a receita arrecadada foi de R$ 102 milhões aproximadamente. Cada tonelada de pó de carnaúba custou em média no ano passado R$ 10.229,28. O valor representa um aumento de 195,14% para uma inflação de 74,82% no período.

O supervisor pontuou ainda que o Piauí teve ainda uma queda na participação entre os estados produtores. “O Piauí tinha uma participação de 59% na produção do Brasil e caiu para 50%. É um resultado bom que poderia ter sido bem melhor. A seca foi muito forte também no ano de 2016. O aumento de receita deve ter sido pela demanda do mercado e a oferta menor”, finalizou.


Fonte: G1/Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE