IBGE mostra queda dos rebanhos no Piauí em pesquisa - Mestiço News | Notícia de Verdade

DESTAQUES

Seja bem vindo! Hoje é

02/10/2017

IBGE mostra queda dos rebanhos no Piauí em pesquisa

Estudo sobre a pecuária mostrou também um cenário adverso nos produtos resultantes da exploração dos animais.

Piauí é destaque na criação de caprinos (Foto: Reprodução)
Dados da Produção da Pecuária Municipal (PPM 2016), divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que queda generalizada de todos os rebanhos no Estado. O estudo mostra o quantitativo dos principais rebanhos da pecuária, bem como os principais produtos obtidos da exploração das atividades, como leite, ovos e mel.

Considerando a série história entre os anos de 2007 e 2016 os números de cabeças dos principais rebanhos da pecuária piauiense passaram por redução. No efetivo de bovinos houve uma queda de 5,57%; enquanto aconteceu uma redução de 10,39% no efetivo de caprinos. As quedas mais expressivas são nos rebanhos de ovinos, com retração de 15,96% e de suínos, com queda de 31,57%.

Mesmo com a queda no rebanho de caprinos o Piauí é destaque. Em todo o Brasil o efetivo foi de 9,78 milhões de cabeças em 2016. O estado tem o terceiro lugar no efetivo nacional, com 12,6% das cabeças. Junto com Bahia, Pernambuco e Ceará os estados respondem por 77,7% do efetivo do país. Atualmente o Piauí possui 0,75% do rebanho bovino brasileiro com 1,6 milhão de cabeças. Entre os estados nordestinos, Bahia, Maranhão, Ceará e Pernambuco possuem rebanhos maiores que o Piauí.

Entre os produtos obtidos da criação de animais e pecuária a pesquisa do IBGE mostrou mais quedas quando se considera o horizonte de 10 anos. O estudo mostra que a produção de leite caiu 3,78%, para 73.518.000 litros em 2016. A produção de mel teve uma retração de 12,47% e no último ano ficou em 3.048 toneladas.

Na produção de ovos estão crescimentos expressivos. Entre os ovos de galinhas a produção foi em 2016 aproximadamente 23% maior do que em 2007. No ano passado o Piauí produziu mais de 20 milhões de dúzias de ovos. Já a produção de ovos de codorna cresceu 55,15%, registrando 588 mil dúzias em 2016.

Fonte: G1 Piauí 


Nenhum comentário:

Postar um comentário