Sem pagamento de salários, servidores públicos de Valença continuam paralisados - Mestiço News | Notícia de Verdade

DESTAQUES

Seja bem vindo! Hoje é

23/11/2017

Sem pagamento de salários, servidores públicos de Valença continuam paralisados


A equipe do Blog Mestiço News recebeu a informação de que há vários dias servidores públicos municipais de Valença do Piauí paralisaram suas atividades por conta do atraso no pagamento dos seus salários, por parte do poder público do município. Fomos informados de que os servidores que tem se sentido lesados pela falta de pagamentos, por vários dias, teem se reunido em forma de protesto para reivindicar seus direitos nas imediações do terminal rodoviário da cidade. Na manhã desta quinta-feira (23) fomos até o local para conferir e registrar esses fatos e podemos constatar a veracidade das informações.

Servidores de Valença continuam paralisados por falta de pagamento
Foto:
José Maurício /  Mestiço News
Seguindo a lógica dos fatos que podemos presenciar, fomos informados que algumas categorias que prestam serviço ao município de Valença do Piauí (a exemplo dos servidores dos serviços gerais) estão com dois meses (60 dias) que não recebem o pagamento dos seus salários.

Podemos constatar que há uma insatisfação geral entre os servidores, haja vista que, segundo fomos informados, até mesmo o pagamento daqueles servidores que já receberam (a exemplo dos professores) tem sido feito de maneira escalonada, ou seja, professores que estavam na manifestação registraram, publicamente, que esse pagamento fora feito em ordem alfabética.

O Artigo 459 do Decreto de Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943 determina que o pagamento de salário, qualquer que seja a modalidade do trabalho, não deve ser estipulado por período superior a 1 (um) mês, salvo no que concerne a comissões, percentagens e gratificações. Quando o pagamento houver sido estipulado por mês, deverá ser efetuado, o mais tardar, até o quinto dia útil do mês subsequente ao vencido. (Redação dada pela Lei nº 7.855, de 24.10.1989).

Mesmo havendo esse tipificação na lei que constitue a CLT, alguns setores do poder público de diversos municípios do país insistem em ignorar o que a lei determina.

No caso dos servidores públicos de Valença, além dos serviços gerais e trabalhadores da educação, o setor da saúde e agentes de endemias também tem reclamado da falta de compromisso da gestão com a efetivação dos pagamentos de salários, e resolveram paralisar suas atividades no último dia 20 por tempo indeterminado. Circulou ainda nas redes sociais esta semana, um vídeo onde um gari afirmava que a sua categoria também está sem receber o pagamento pelo o trabalho prestado à sociedade.

Manifestação dos servidores de saúde (segunda-feira, 20)
Foto: Diário do Sambito

Manifestação dos servidores de saúde (segunda-feira, 20)
Foto: Diário do Sambito
NOTA

Nos utilizando da liberdade de informação que a LEI Nº 2.083, DE 12 DE NOVEMBRO DE 1953, que trata da liberdade de imprensa nos garante, fizemos este registro afirmando nosso compromisso com a informação verdadeira e nos preocupando com o registro dos fatos, assim como eles acontecem. Deixamos aqui o espaço aberto a qualquer representante das partes: prefeitura ou servidores que queiram prestar maiores esclarecimentos á sociedade valenciana!

Entendemos que uma imprensa livre deve ter como princípio inegociável, a preocupação em registrar fatos e manter a sociedade informada, sem demagogias, partidarismos, ou interesses próprios.

Estamos aqui nos preocupando com o registro dos acontecimentos e nos propondo a auxiliar na resolução dos problemas que tem afetado o bem estar da comunidade valenciana. 

Por sermos livres, nos propomos a estar a serviço, acima de tudo, ao interesse desta comunidade.

Fonte: Blog Mestiço News

Nenhum comentário:

Postar um comentário