Mês de Maio começa com chuvas em mais de 70 municípios do estado do Ceará - Mestiço News | Notícia de Verdade

DESTAQUES

Seja bem vindo! Hoje é

01/05/2018

Mês de Maio começa com chuvas em mais de 70 municípios do estado do Ceará


Neste feriado do Dia do Trabalho, mais de 70 cidades do Ceará registraram chuvas, de acordo com o relatório da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O município de Limoeiro do Norte teve o maior volume, com 52 milímetros. Altaneira (50 mm), Várzea Alegre (48 mm) e Mulungu (48 mm), aparecem em seguida no ranking do dia. Também foram verificados registros de precipitações em Quixeramobim, Assaré, Campos Sales e outras cidades do Interior.

Essas chuvas marcam o início do último mês de quadra chuvosa no Ceará. De acordo com projeção da Somar Meteorologia, maio terá dois cenários distintos: no Interior, em regiões como o Cariri, Sertão Central e Jaguaribana, a tendência é que as precipitações fiquem abaixo da média histórica, com registros que não chega nem 25 milímetros.

Já no Litoral, a perspectiva é de aumento, com alerta para Fortaleza que pode enfrentar tempestades. "Isso na primeira quinzena, já a começar no feriado e fim de semana próximos. A segunda quinzena deve ser menos úmida e com menos chuvas", afirma o meteorologista Celso Oliveira, acrescentando alerta para mais raios e trovões. "A Defesa Civil deve ficar atenta", frisa.

Parambu
O município de Parambu também registrou chuvas durante a noite desta segunda feira, 30, e madrugada de terça feira, 1. Na cidade as precipitações variaram entre 9mm e 16mm.

Abril mais chuvoso desde 2009
A Funceme prevê que a partir da próxima quarta-feira (2), há uma tendência de diminuição em todo o Estado. Segundo o órgão estadual, neste momento, balanço ainda parcial aponta abril como o mais chuvoso desde 2009, com média de 215,4 mm, ou seja, 14% acima do normal, que é de 188 mm.

Em relação a Fortaleza, as chuvas acumuladas entre janeiro e abril estão 40% abaixo da média histórica. No período, foram registrados 862.3mm, sendo o normal de 1.444,6mm. No ano passado, a Capital teve um desvio positivo com 1.6% a mais de chuvas. Em nove anos, desde 2008, 2013 foi o pior, quando choveu 652,4mm ou menos 55,5% das precipitações consideradas dentro da normalidade.

Fonte: Diário do Nordeste e Blog do Abraão Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário