Depois de muitas idas e vindas, chapa governista formaliza candidatura de W. Dias a reeleição para governador do PI em convenção - Mestiço News | Notícia de Verdade

DESTAQUES

Seja bem vindo! Hoje é

04/08/2018

Depois de muitas idas e vindas, chapa governista formaliza candidatura de W. Dias a reeleição para governador do PI em convenção

Durante a convenção da coligação "A vitória que o povo quer", que ocorreu nesta sexta-feira (03/08) em Teresina, o governador Wellington Dias (PT) cobrou dos filiados do Partido dos Trabalhadores, o apoio integral à chapa lançada para as eleições 2018, que tem como candidatos homologados ao Senado, o deputado federal e presidente do MDB no Piauí, Marcelo Castro e o presidente nacional do Progressistas, Ciro Nogueira.


"Não quero ver ninguém fazer cara feia", disse o governador.

Wellington reforçou que os quatro, incluindo a candidata homologada a vice-governadora, Regina Sousa (PT), formam um time. "É que nem casamento", destaca.

Foi claro ao cobrar que, quem apoia sua reeleição, tem de fazer o mesmo com os demais nomes da chapa. O reforço no discurso de Wellington se dá justamente pelo histórico envolvendo as duas legendas dos candidatos homologados ao Senado. Progressistas e MDB tiveram papel importante na consolidação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que para o PT, foi vítima de um "golpe".


Por diversas vezes o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi citado, não só por Wellington, como pelo demais nomes da chapa, que se autodenomina como "time de Lula". Em seu discurso, o governador rechaçou ainda àqueles que usam o nome do ex-presidente da República para ganhar simpatia popular. "Se alguém disser que tem outro [time de Lula] esta mentindo", disse.

A coligação encabeçada pelo governador é formada, além de PT, MDB e PP, pelos partidos PCdoB, PR, PRTB, PSD, PDT e PTB.

Fonte: 180 graus

Nenhum comentário:

Postar um comentário