Única cadeira parlamentar é ocupada por dois suplentes em pouco menos de 10 dias, na Câmara de Pimenteiras - Mestiço News | Notícia de Verdade

DESTAQUES

PROPAGANDA

08/08/2018

Única cadeira parlamentar é ocupada por dois suplentes em pouco menos de 10 dias, na Câmara de Pimenteiras

Em pouco menos de 10 dias, o parlamento de Pimenteiras passou por reviravoltas, pelos quais, talvez, nunca tenha passado antes em sua história. Ou se sim, por poucas. 

Vista aérea, centro de Pimenteiras
Trata-se das movimentações, embasadas nos critérios estabelecidos naquilo que se refere a ocupação de cadeira parlamentar por suplentes de vereador. Para que um suplente assuma a vacância deixada por um parlamentar que tenha deixado sua cadeira, existe todo um trâmite que pode ser estabelecido para a sucessão. No caso de Pimenteiras, os atores envolvidos resolveram fazer da maneira mais complexa.


Um fato dessa conjuntura ocorreu agora nesse início de agosto. Na última quinta-feira (02) o então secretário de Cultura do Município e 1° suplente de vereador, Gean Lucas (Progressistas), foi convocado para assumir a vaga no parlamento deixada pelo o vereador Reinaldo Paiva (PT) que, segundo as informações, foi convocado pela a gestão municipal para, possivelmente, assumir uma secretaria (pelo o que indica, a de Agricultura). 

Ao lado das principais autoridades do município, Gean Lucas foi empossado
Foto:
Gean Lucas/Reprodução (Facebook)
A posse de Gean Lucas como vereador ocorreu no plenário da Câmara Municipal na noite de quinta-feira (02) e contou com a participação de entidades políticas e familiares do mesmo. O vereador recém empossado, porém, não ficou como tal nem durante 10 dias.

Na manhã desta quarta-feira (08) foi empossado o segundo suplente, João Bosco (PTB). João Bosco já era vereador de 4 mandatos e, agora, passará para o quinto.

Vereador João Bosco
Gean, deverá ser reconvocado a assumir a secretaria de Cultura e, assim, a "manobra" para enquadrar o vereador Reinaldo Paiva dentro do governo municipal acontece dentro dos trâmites da lei.

Em Março deste ano, o PT de Reinaldo Paiva havia divulgado uma nota pública afirmando o rompimento do partido com a administração municipal. A nota afirmava que a decisão havia sido tomada em assembleia geral com os membros da sigla em Pimenteiras e alegava que os mesmos estariam sofrendo perseguição, por parte do prefeito. 

Fonte: Blog Mestiço News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE