Conhecido pela seca, Piauí vira ‘paraíso’ das cachoeiras no período chuvoso; confira os locais - Mestiço News | Notícia de Verdade

DESTAQUES

PROPAGANDA

11/12/2018

Conhecido pela seca, Piauí vira ‘paraíso’ das cachoeiras no período chuvoso; confira os locais

Cachoeira da Pedra Negra (Foto: Juscel Reis/Arquivo Pessoal)

Flagelado pela maior seca dos últimos 50 anos e conhecido por ser um estado seco e pobre, o Piauí se torna uma espécie de “paraíso das cachoeiras” durante o período chuvoso, que vai de dezembro a junho. Dezenas de quedas d’água se formam em meio aos paredões de pedra que formam boa parte do relevo piauiense.

Cachoeira da Bica (Foto: Juscelino Reis/Arquivo Pessoal)

Em meio a tantas opções, o G1 catalogou nove dessas preciosidades que permeiam o estado. A maioria fica em locais distantes e sem estrutura turística, se tornando point de pessoas que moram perto ou de aventureiros, fãs de trilhas a pé, de bike, e praticantes de rapel.

Juscel Reis é um dos desbravadores dessas quedas d’água. Apreciador da natureza, o fotógrafo profissional, autor da maioria das fotos que ilustram essa matéria, foi o guia do G1 para a catalogação dessa pequena amostragem. Ele aconselha a todos a visitação desses locais, mas afirma que é preciso muita disposição para caminhar e pedir informações.

“O período para conferir essas belezas está acabando junto com as chuvas, mas digo que elas valem a pena. É preciso entender que elas são pouco conhecidas e por isso vai ser preciso perguntar muito para chegar até elas”, finalizou afirmando que o conselho de pessoas da região sempre são os melhores para evitar caminhos errados. Segue a lista abaixo com comentários do fotógrafo.

Pedra Negra (Município: Campo Maior)

“Situada na PI-115, entre o município de Campo Maior e Juazeiro, no povoado Bem Bom. Poucos sabem, mas ela fica a 300 metros da estrada. Bem acessível. É uma das mais bonitas do estado”.

Cachoeira da Pedra Negra (Foto: Juscel Reis/Arquivo Pessoal)

Bica (município: Juazeiro do Piauí)

“Fica a cerca de 3 km da Pedra Negra. Segue-se de Campo Maior pela PI-115 em direção a Juazeiro e toma-se uma estrada de chão à esquerda. Existem alguns obstáculos, como passagem molhada. Tendo acesso apenas por carro 4×4. A cachoeira tem cerca de 15 metros de altura. Uma vantagem é que a água dela é bem limpa. Enquanto que a maioria das outras são por água de enxurrada”.

Cachoeira da Bica (Foto: Juscelino Reis/Arquivo Pessoal)

Tingidor (município: Juazeiro do Piauí )

“Essa cachoeira é situada próxima da zona urbana da cidade, ficando na encosta do Rio Poti. Ela é formada pela água de sangradouro de um açude de dentro da cidade. As cascatas da cachoeira caem direto no rio. É uma das mais bonitas da região. É bem alta. Você deixa o carro na cidade chega ao local depois de uma caminhada de cerca de 20 minutos”.


Cachoeira do tingidor (Foto: Juscelino Reis/Arquivo Pessoal)

Covão (município: Castelo do Piauí)

“A cachoeira do Covão é linda, mas complicada de se chegar até o local da queda d’água. É um buraco no meio das rochas. Por isso, o dono do local, seu Etevaldo, mantém cordas e escadas para que as pessoas cheguem até o local mais baixo. São vários degraus onde se desce por cordas. Das listadas, é a de mais difícil visitação”.


Cachoeira do Covão (Foto: Juscel Reis/Arquivo Pessoal)

Arraias (município: Castelo do Piauí)

“É composta de duas quedas d’água, cada uma com 12 a 15 metros de altura, é situada dentro do Parque Municipal Pedra do Castelo. É um riacho que passa pelo parque e deságua no rio Poti por meio da cachoeira”.


Cachoeira das Arraias (Foto: Juscelino Reis/Arquivo Pessoal)

Rosário (município Novo Santo Antônio)

“É uma das poucas cachoeiras que conta com alguma estrutura para receber o turista no Piauí. Se chega de carro até ela, é em uma parque municipal, tem passarela. Comparada as outras, é a mais simples”


Cachoeira do Rosário (Foto: Juscelino Reis/Arquivo Pessoal)

Cachoeira do Urubu (entre os municípios de Esperantina e Batalha)

“É considerada a maior cachoeira do estado. Tem estrutura turística, contando com uma grande passarela (400 metros). São muitas quedas, sendo que a principal deve ter uns 12 metros de altura. É melhor visitar quando o volume de água não está muito grande”.


Cachoeira do Urubu (Foto: Juscelino Reis/Arquivo Pessoal)

Salto Liso (Município: Pedro II)

Distante 14 quilômetros do centro da cidade, a cachoeira do Salto Liso é dona de uma queda d’água de 35 metros, ideal para a prática de rapel. O caminho até ela envolve rodovia asfaltada, estrada de terra com piçarra e pedras, caminhada de dois quilômetros e ainda uma dura descida de cerca de 50 metros entre pedras e árvores. “É uma das mais altas do Piauí”.

Cachoeira do Salto Liso (Foto: Juscel Reis/Arquivo Pessoal)

Corujas (Novo Santo Antônio)

A única não indicada por Juscel – A entrada da estrada de terra para a cachoeira fica na PI-221, cerca de 15 km após a cidade de Alto Longá, em direção a Novo Santo Antônio. A estrada foi recentemente raspada, o que permite que alguns carros mais altos transitem pela via. Caso contrário, o jeito é deixar o veículo na entrada e fazer mais 13 km a pé ou de bicicleta.


Cachoeira da Coruja (Foto: Arquivo Pessoal)

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE