Domingo sombrio para moradores do Vale do Sambito - Mestiço News | Notícia de Verdade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PROPAGANDA

25/08/2019

Domingo sombrio para moradores do Vale do Sambito

Registro feito no início da tarde deste domingo, no povoado Baixio, em Pimenteiras
Foto: Joana D'Arc
O mês de agosto de 2019 já, já, entrará para a história da região do Vale do Sambito (principalmente para os moradores de Pimenteiras), como um dos mais atípicos, em todos os tempos.

Em Pimenteiras, como o Mestiço News vem noticiando desde o início do mês, várias comunidades tem sido, literalmente, assoladas por uma sucessão de incêndios incontroláveis e constantes. 

Diversos povoados, a exemplo do Mestiço, Saco dos Martins, Barra do Manu, Lagoa das Caraíbas, Campos, São Caetano, Tapera e Ponta D'Água, tem sido castigados com uma onda de incêndios que já dura cerca de 20 dias.

O esforço dos moradores das regiões atingidas, com auxílio do corpo de bombeiros e o apoio da administração municipal não tem gerado uma resposta rápida, como era esperado. Pelo volume e quantidade dos incêndios, que em larga escala se espalham de maneira descoordenada, o trabalho de combate não tem gerado efeitos.

Durante o dia do último sábado (24) diversas localidades do Vale do Sambito registraram uma densa nuvem de fumaça que "cobriu" o sol e deixou o céu escuro.

Neste domingo, novamente, uma volumosa massa de fumaça assustou moradores, principalmente, nas regiões mais atingidas de Pimenteiras. No povoado Mestiço, as câmeras do Mestiço News registraram uma nuvem gigante de fumaça que cobriu a comunidade. No povoado Baixio, uma cinegrafista amadora registrou o momento em que a nuvem de fumaça, que vinha da direção do Mestiço, chegou à localidade.
Povoado Mestiço, Pimenteiras no início da tarde deste domingo (25)
Foto: Mestiço News
Registro feito no início da tarde deste domingo, no povoado Baixio, em Pimenteiras
Foto: Joana D'Arc
A todo instante, a redação do Mestiço News recebe informações da preocupação das autoridades do município e, principalmente, dos habitantes dos locais atingidos. Uma moradora nos relatou que a frequência e a quantidade da fumaça, durante o dia, tem deixado muitas pessoas vulneráveis, com nariz e garganta ressecados, ardência nos olhos e insuficiência respiratória.  "A quantidade de cinzas que o vento traz, é espantosa", disse uma moradora à nossa redação.

Ações do Poder Público

Fomos informados pela senhora vice-prefeita de Pimenteiras, Lúcia Lacerda, que a administração do município se reunirá nessa segunda (26), em Teresina, com o comando geral do Corpo de Bombeiros para traçar um plano de ação, em caráter de emergência, para buscar solucionar o problema. Segundo ela, a ideia é unir forças com outros municípios atingidos na macrorregião para planejar um meio eficiente de amenização das queimadas, de forma conjunta. Na macrorregião de Picos, Pimenteiras e Pio IX tem sidos os municípios mais atingidos pela onda de incêndios.
Lúcia Lacerda, vice-prefeita de Pimenteiras
Foto: Reprodução/Facebook
Fonte: Mestiço News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE